segunda-feira, 30 de junho de 2014

Altos e Baixos

Bom dia pessoas

Caramba, olha há anos que vivo altos e baixos, altos e baixos, minha vida é uma verdadeira montanha russa..rs...porém olhando pra trás posso afirmar que consegui diminuir a intensidade das descidas e subidas, acredito que essa oscilação fica mais próximo do centro do que dos extremos, isso é bom.

Umas das minhas grandes dificuldades ultimamente tem sido ter disciplina, ter uma rotina, eu preciso insistir nisso, preciso insistir em me organizar, meu dia a dia é bem corrido, mas meu emocional me atrapalha.

Estou terminando de ouvir o curso avançado do site: Viagem Astral, e quero pelo menos uma vez na semana tentar me projetar com frequência, pra isso vou ter que acordar as 3:00hs da manhã e ir deitar na sala, já que durmo com meus filhos e dormir perto de alguém dificulta a saída.

Continuo fazendo os trabalhos energéticos, e tentando orar e vigiar, se começarmos a prestar atenção como entramos com frequência em ondas de pensamentos negativos, tristes, desanimadores em como vamos sendo envolvidos por eles e o que acontece na sequência, geralmente é ai que caímos e feito. 

Se conseguirmos identificar aonde tudo começa conseguiremos reverter esse quadro permanecendo mais tempo equilibrados, esse vídeo foi o primeiro que eu assisti do Saulo, me ajudou bastante a entender sobre o que nos influência e como colaboramos com isso, deixo ai pra vocês.


Um bom dia e fiquem com Deus

Namastê

sexta-feira, 27 de junho de 2014

"Perrengues" de um projetor iniciante...



Bom dia pessoas...

Eu comecei a estudar sobre o tema viagem astral há uns 6 meses apenas, lembro que procurando um vídeo sobre sintomas de assédio encontrei o canal do Saulo no You Tube e passei a ouvir vários, faqs, ouvi outros palestrantes como o Laércio da Fonseca, Vagner Borges, assisti a documentários sobre várias religiões e comecei a querer me aprofundar no assunto, baixei os cursos, ouvi o básico, o intermediário e agora estou na metade do avançado, fui assistir a uma palestra do Vagner Borges que caramba é do lado de casa e eu nunca tinha nem reparado...rs..e nesse tempo comecei a praticar as tais técnicas energéticas.

No inicio comecei a aumentar minha sensibilidade, sentia muitos arrepios, sentia a energia que estava ao meu redor boa ou ruim, então tive a minha primeira catalepsia projetiva, ao abrir o olho dei de cara com um amigo com cara de doido e pelado em cima de mim, tentei me mexer, queria chutar ele pra longe, mais não conseguia então fechei o olho pensei em voltar pro corpo e rezei um pai nosso, foi automático voltei frustrada pensando: PQP logo agora que consegui minha primeira experiência do de cara com um espirito tarado...froids..rs..não tive medo mais fiquei frustrada.
Continuei a trabalhar as energias, detalhe eu durmo no meio dos meus dois filhos...rs..e percebia que quando eu trabalhava as energias na hora de dormir eles ficavam agitados, e eu não conseguia me concentrar, decidi fazer isso no banheiro da empresa durante o dia...rs..faze o que é o jeito..rs..
Contei no centro espirita que eu frequento sobre a experiência, sobre o que eu estava estudando, me falaram que eu parasse com isso, que era perigoso e me encaminharam pra tratamento, parei por um tempinho por falta de confiança, porém ao parar não conseguia mais equilibrar minhas energias, os sintomas de assédio que haviam parado quando comecei a praticar as técnicas voltaram, eu quase dormia no volante de tanto sono, vivia desanimada, irritada, eu perguntava lá no centro se fazer o EV (estado vibracional) tinha algum problema, pq me ajudava, as respostas eram: olha não sei exatamente o que é isso nunca estudei, mais é melhor você parar, faça uma prece é o suficiente.
Eu na prece, no evangelho e nada de eu melhorar, até que sonhei com meu avô falecido, me lembro que eu via ele e ansiosa eu perguntava: Vô vc sabe o que é um EV?
Ele sem dizer nada fez a tal técnica, e eu vi uma luz subindo e descendo pelo seu corpo, ele sorria e me olhava com amor, então animada eu comecei a encher ele de pergunta:
- Vô você sabe fazer o EV, Vô isso faz mal? Vô você acha que devo continuar? Vô porque lá no centro eles me mandam parar, essa técnica me ajudava tanto, depois que parei eu piorei denovo
Ele me olhou e sorriu novamente e disse: Não faz mal algum e começou a falar sobre como o amor de Deus é maravilhoso, lindo, sobre a paz...ai nesse ponto parece que as lembranças vão sumindo da minha mente.

Acordei animada e voltei a fazer o tal do EV, não tive mais nenhuma experiência, eu tinha muito medo, ainda tenho..rs..mais diminuiu um pouquinho, acho que eu sintonizava energias não muito legais com o medo, a falta de confiança e comecei a atrair semelhantes..rs..baixar minha sintonia, por uns dois finais de semana fiquei sem ir ao centro e minha irritação era tanta, ainda juntando com a TPM que nem eu me aguentava, nossa passava o final de semana me arrastando, querendo dormir, sem paciência e tentando não descontar em ninguém, uma dor de cabeça terrivel, extremamente cansada e irritada.
Como o Saulo cita em alguns de seus vídeos, parece que a luzinha tinha se apagado, eu voltei a durante o dia procurar ouvir sobre espiritualidade, comecei a pesquisar sobre os chacras, e fui assistir a palestra em uma sexta-feira do Vagner Borges, e nessa noite tive a minha primeira projeção lúcida, embora tenha perdido logo a consciência.

Me lembro que me levantei da cama no meio da madrugada, como se eu fosse descer pra tomar água, mais uma intuição me veio: "olha pra cama", eu com um medo lascado do que iria ver, virei o pescoço bem devagarinho para o lado, vi milha filha, meu filho e uma coisa grande no meio deles, arregalei o olho me aproximei e era eu, sensação estranha parecia um boneco, uma carcaça, mais era eu.

Denovo a ansiedade bateu e eu comecei a pensar: to projetada, to projetada e agora o que eu faço?..rs

A porta do quarto estava aberta, de frente fica o quarto da minha mãe, a porta também estava aberta e a luz lá em baixo acesa, algo me chamava pra descer maaas e a coragem...kkk
Não tirei o pé do lugar, e comecei a pensar o que o Saulo faria o que o Vagner fariam...tentei mentalizar um lugar agradável e não conseguia me concentrar o sono era enorme, lembro que pedi aos mentores que me guiasse, ai apaguei não lembro de mais nada...rs...
Mais acordei bem, depois desse dia tive alguns sonhos lúcidos, um eu não sei se foi um sonho lúcido ou uma projeção não tão consciente.
Me lembro que estávamos eu e outros projetores em um prédio, inteiro de vidro, nossa intenção era auxiliar uma projetora a projetar sua consciência, nos deitávamos em colchonetes, faziamos as técnicas e nos projetávamos, era muito curioso lembro que me levantei e vi vários outros projetores saindo do corpo se projetando e nossos corpos lá deitados, mais uma vez a curiosidade tomou conta de mim...rs

Me aproximei do vidro e olhei lá em baixo do prédio, era um lugar feio, onde eu via várias pessoas ou espíritos sei lá, correndo, fugindo, se batendo...um lugar cinzento, como se fosse um ferro velho abandonado sombrio.
Lembro que fiquei com inveja da projetora que ia projetar sua consciência pensei porque ela e não porque eu...rs..ta ai um defeito meu..kkka inveja...
Enfim, me lembro que era preciso dois projetores, receberem não lembro ao certo o que dela, mais era como se fosse uma queimada com um objeto quente nas costas, ninguém queria, um gordinho aceitou e quando me questionaram eu respondi que não, e nessa hora comecei a ter consciência de que eu estava sumindo, pensei: caramba to voltando pro corpo e sumi.

Acordei com o despertador tocando...rs..

Essas foram as experiências que tive até agora, e alguns dos perrengues que tenho passado, não desisto de estudar sobre o assunto e praticar, sem pressa, porque quero realmente aprender e me transformar com isso.

E a partir do momento que entramos em contato com a espiritualidade, precisamos buscar mais equilibrio ainda, porque nossos amigos vem que vem com tudo...kkkk...e nem sempre é fácil controlar as emoções que sentimos.

Depois disso tive apenas sonhos...mais é isso vamo que vamo...o autoconhecimento que tenho adquirido com esses estudos e experiências não tem valor que pague.

Um abraço e bom dia

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Stress evolutivo

Bom dia pessoas

Ontem ouvi um áudio do curso avançado do Saulo Calderon que fala sobre esse tema stress evolutivo, meu pai eterno, parece que foi prova surpresa ontem...kkkk

Eu toda zen com uma energia ótima e a escola do meu filho mais velho, usa da lei pra agir desonestamente, e de certa forma dependo da escola, pois trabalho e não tenho quem em sustente, presa fácil pra ser obrigada a engolir um sapo gigante

Todo o problema acontece por conta de uma apostila de inglês que ano passado custava R$ 300,00 e esse ano eles resolveram cobrar R$ 800,00 sem maiores explicações, e eu sou obrigada a comprar o material caso contrário meu filho está proibido de frequentar a escola.

Nossa quando li o email meu coração disparou, a raiva tomou conta naquele exato momento, quanta revolta, respondi o email indignada, mas adiantou? Não

Engraçado o slogam da escola é Nosso Deus é o Deus do impossível, respondi espero que o Deus esteja também na consciência de vcs.

Resumo, vou ter que me sujeitar e comprar a tal do livro, fora outros vários problemas que la tem acontecido, mais enfim não adianta devolver na mesma mpeda né, a maior prejudicada será eu mesma.

Estou desde ontem, procurando me centrar, me acalmar enxergando aonde estou agora, no mundo, onde infelizmente o que predomina ainda é o se dar bem, e como alma sebosa que sou pois estou aqui também, o que posso fazer? Aprender a vibrar positivo, ser o exemplo e agir de forma educada e contrária a essa energia negativa

Fácil? A não é mesmo, quero sair daqui pelo menos conseguindo conter as batidas do coração

Mais já dei uma boa caminhada e aprendi bastante com o que vivi, vou superar isso também


quarta-feira, 25 de junho de 2014

O que ganhei estudando Viagem Astral



Olá pessoas

Estudar esse tema, trouxe pra minha vida respostas, caminhos os quais eu hoje acredito não porque alguém me disse ou porque estava escrito em um lugar, mais porque eu pude comprovar

Estudar esse tema, me fez entender um pouco melhor o senso de amor e justiça, de quem eu sou e qual meu papel no mundo

Estudar esse tema, me fez enxergar quais os motivos que me levam a mudar somente a mim, e a compreender meu próximo

Estudar esse tema, me faz entender como sou pequena e como ainda tenho a aprender

Estudar esse tema, me fez olhar pra trás e entender o quanto eu cresci, mais me ajuda a ser humilde e enxergar o quanto eu tenho a crescer

Estudar esse tema, me mostrou que eu não terei as respostas prontas pros caminhos dos outros, me fez realmente vivenciar aquela história não existe verdade absoluta, o que existe são pontos de vistas

Não posso, pelo menos tento não julgar mais meu próximo e aprendi a ter paciência comigo mesma

Aprendi que não adianta usar máscaras, pra não me enxergar porque tanto meus defeitos quanto minhas qualidades estão em minha essência e só terei vantagens em realmente enxerga-las, para poder aprimorar o que tenho de bom e mudar o que tenho de ruim

Me fez entender um pouquinho mais sobre Deus e sobre as diversas formas de enxerga-lo

Me fez querer ajudar a quem queira, a ampliar seus horizontes e conseguir caminhar por si só, vivenciando suas experiências e crescendo com seus aprendizados.

Desejo a todos vocês, que os preconceitos e os medos sejam menores do que a vontade de crescer e que a humildade e o amor possa habitar em todos corações, nos mostrando o que somos de fato

IRMÃOS

Fiquem com Deus


terça-feira, 24 de junho de 2014

Energia, você conhece a tua?

Tudo na natureza é energia, seja de forma mais densa ou mais expandida, nós somos energia, você já experimentou conhecer as suas energias? Senti-las? Experimentá-las?

Parece estranho, estamos acostumados a acreditar no que vemos ou no que os outros nos falam, mais algum dia você já tentou tirar a conclusão por você mesmo?

Praticar a descrença?

Foi assim que comecei, aprendendo sobre um tal de EV (EstadoVibracional), comecei testando pra ver como era, parecia meio ridículo no início, mais aos poucos fui percebendo minhas energias, voltei a lembrar dos meus sonhos e consegui ter duas experiências projetivas e digamos um sonho lúcido essa noite.

Tente, experimente e tire as SUAS CONCLUSÕES

Esse vídeo da uma idéia bem legal de como fazer

Fiquem com Deus

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Espiritualidade



Bom dia!!

Falar sobre espiritualidade é delicado, como dizem futebol, politica e religião não se discutem, mas pra mim não tem como falar de crescimento, evolução e viagem astral sem citar esse assunto.

A espiritualidade é visto por muitos como uma muleta, é verdade não deixa de ser, geralmente as pessoas que enxergam dessa forma, provavelmente até esse momento de sua vida não precisou recorrer a algo maior do que ela para resolver um problema, de uma forma ou de outra nada nunca lhe faltou, seja material, emocional, ela sempre conseguiu se sustentar com seus recursos.

Já as pessoas normalmente sem condições, enfrentam mais dificuldades, vivem menos amparadas e o sofrimento desperta a fé, a crença em um Deus ou um poder maior do que ela, para que ela tenha forças em continuar a caminhar.

E assim a espiritualidade surgiu na minha vida, por muitos anos, até o inicio da idade adulta eu nunca senti a necessidade de depender de uma força maior do que eu para me sustentar de pé, hoje tenho 33 anos, e meu contato com Deus era mais cultural, eu lia alguma coisa a respeito, mas até então trazer de verdade a espiritualidade pra minha vida e tornar ela parte do meu dia a dia, veio acontecer a alguns anos atrás, quando me deparei com minha impotência perante a vida, não existia bem material, não existia médico, amigo, lugar capaz de resolver o que eu vivia. Hoje agradeço por não ter tido condições materiais na ocasião para auxiliar na resolução da questão, pois com certeza estaria tentando resolver meus problemas e provavelmente teria até encontrado maneiras de alivia-lo, mas não resolve-lo o que contribuiria para adiar a minha rendição.

Hoje percebo que vivi durante muitos anos adormecida, em busca de uma felicidade ilusória que pode se acabar em um piscar de olhos, durante muito tempo assim como muitos ainda enxergam dessa maneira a prioridade em minha vida era, estudar, construir uma família, ter minha casa, criar meus filhos e poder envelhecer em paz e somente depois teria mais tempo para me dedicar aos assuntos da alma do espirito.

Não que essas coisas não sejam importantes, sim são, vivemos no mundo material e precisamos encontrar meios de viver nele de maneira a nos sentirmos bem, mas a vida é muito mais do que somente isso, pois tudo que venhamos a construir aqui na terra pode deixar de existir de um dia pro outro, emprego se perde, casa se derruba, familiares se vão e não sabemos nem quando e nem como, mas estamos suscetíveis a esses acontecimentos e se perdermos tudo o que nos resta?

Não acredito naquele Deus barbudo sentado em um trono com um cajado na mão esperando que eu erre pra me condenar, acredito em um Deus de amor.

Um amor sublime, paciente e justo que me da a eternidade para aprender a andar com minhas próprias pernas, um pai que ensina seu filho a se tornar alguém melhor, que me deixa caminhar dentro de caminhos o qual ele sabe que mesmo caindo eu terei condições de levantar, continuar e aprender com cada tombo que eu levar.

Convido a todos para que reflitam sobre suas próprias vidas, se o mundo lhe tirasse tudo que julgas necessários para ser feliz, o que de fato restaria de ti?

Que Deus ilumine o caminho de cada um de vocês.

Namastê


domingo, 22 de junho de 2014

O Equilíbrio

Boa noite pessoal.

Gostaria de dizer que aqui no blog não vou me aprofundar em explicar o que é viagem astral, como se deve estudar e praticar as técnicas, mesmo porque não tenho conhecimento suficiente pra isso, então peço aos leitores que se interessarem para pesquisarem, deixei dois sites no canto direito, onde eu comecei a pesquisar sobre o assunto, e neles vocês vão encontrar dicas de literaturas, estudos, pesquisas, enfim..quem quiser é só acessar.

Agora falando um pouco sobre mim, o que mais me fascinou na viagem astral é a possibilidade de se comprovar as experiências espirituais por si mesmo (eu já tive duas pequenas experiências) e o método para se alcançar essas experiências nos levam a um profundo autoconhecimento, não somente de chacras, energias e espiritualidade, mas o convite que nos é feito em encontrar o nosso equilíbrio, ou ao menos tentar viver de forma mais equilibrada e em paz.

Nesse feriado tive momentos de tristeza, momentos de raiva, de frustrações o que acabou me deixando uns dois dias bem desanimada, cansada e com sono, vontade de fazer nada apenas dormir, incrível eu abri uma brecha e como fiquei vulnerável a energias que não eram minhas.

Em minha mente era claro as situações que me deixaram dessa forma, como sempre  "o outro", havia dito, havia feito e eu havia reagido como consequência fiquei como citei anteriormente, porém a partir do momento que passei a entender que somente eu sou responsável pela forma que me sinto, pelas frustrações e pela forma com que vou lidar com isso, parei de ficar justificando ou culpando alguém pelo que vivo e sinto.

Então me questionava, por que exatamente, aonde exatamente eu abri guarda e me deixei influenciar para que eu caísse tanto?
Deus nos surpreende nessas horas, parece que ele fica lá só esperando nosso orgulho baixar a bola e pararmos de reclamar da vida e olharmos pra ele dizendo: Pai me ajuda...rs..

Vejo a cena, eu enfiada com a cara no travesseiro, pensando: caramba que merda, quando ele vai em deixar em paz, quando eu vou tomar vergonha, quando as coisa vão facilitar minha vida..enfim reclamando...e meu anjo da guarda lá sentado do meu lado de braços cruzados, batendo o pé no chão e exclamando: começou o dramalhão...rs...

Ai de repente ele ouve uma prece de pedido de ajuda, então me olha de lado e diz baixinho: Olha sabe aquele áudio que você estava estudando e largou na metade, coloca o fone e ouve.

Então eu obedeço como uma criança ouvindo a ordem de um pai, com um bico e os olhos cheios de lágrimas, e lá encontro as respostas que eu já sabia, mais que minha mente ainda insiste em me iludir dizendo que minha felicidade está lá fora como todos me ensinaram, que quando isso ou aquilo acontecer ai sim eu terei paz, errado a paz não está na ocasião ela está dentro do meu coração.

Sem esperar recebo dois abraços virtuais que mais uma vez me mostra, não estamos sozinhos e não precisamos nos sentir assim

Claro que não é simples ou fácil assim como se diz...rs..mais esse é nosso aprendizado...hahahaha...

Como podemos entregar nossa paz nas mãos de pessoas desequilibradas, assim como nós, se nem a gente da conta quem dirá "ozotro"

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Iniciando

Já estou há um tempo aqui no blog, comecei a escrever sobre outro assunto e o blog me ajudou muito no aprendizado sobre esse tal assunto o qual escrevia, e hoje me veio uma intuição, onde eu poderia utilizar essa mesma ferramenta para aprender sobre esse novo universo VIAGEM ASTRAL.
E assim como fazia com o outro tema, farei com esse, como se fosse um diário, registrando aprendizados, dúvidas e trocando informações com os internautas que pesquisam sobre o mesmo assunto.

Ai Saulo Calderon...fui inspirada a falar sobre o assunto assim como tu..."roubando" sua famosa frase: Espiritualidade com simplicidade...rs

Desculpem os erros pq é mais ou menos como nosso amigo coloca, sem edição, somente idéias que surgem e vão pro papel...

Bem vindos