quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Estudante Astral



Voltei a cuidar das energias, ando mais lúcida e conseguindo identificar melhor minhas emoções, na hora em que vou deitar, até tento fazer a técnica mais pense com dois filhos pequenos dormindo junto que antes de pegarem no sono ficam a cada 5 minutos o mãe...o mãe..kkkk durante a semana fica mais complicado de conseguir relaxar, e não tenho quartinho ou canto separado para tentar praticar.

Embora não me projete com frequência e ainda não tenha tido grandes experiências, vou relatar alguns avanços que eu considero uma vitória:

- No ínicio me impressionava muito com as sensações das energias, e ficava achando que eram espíritos me obsediando...rs..até pode ser, mas hoje tenho consciência que só vão me obsediar se eu permitir

- Percebia como os meus familiares eram influenciados para me desestabilizar, me culpava por isso, hoje aprendi a não me afetar e incrivelmente pararam...rs..

- No centro espirita me mandaram parar de estudar isso, no começo fiquei meio cismada, lembro que questionava a eles o que era EV (estado vibracional) e se era ruim fazer isso, a resposta era que eu não devia me meter com essas coisas, mas não sabiam o que era, então eu sempre fazia essa pergunta a espiritualidade e um dia sonhei com meu avô falecido e lembro que a primeira pergunta que eu fazia a ele era se ele sabia sobre o EV, ele simplesmente fez na hora e me olhou dizendo é isso.
Eu vc sabe fazer? Toda impressionada e lembro que ele me explicava como o criador era maravilhoso e perfeito.
Entendo a preocupação do centro espirita em me alertar, porque se começamos a estudar sem muita ética e não vigiarmos sendo impulsionados somente pela curiosidade, temos mais chances de sermos influenciados negativamente, então decidi desde então estudar com calma, parar com as técnicas quando me sentisse insegura e ir como diz nosso amigo Saulo Calderon devagarzinho....afinal "devagar é pressa".

Continuo a estudar, já consegui alguns avanços quando a catalepsia, mas ainda sou uma cagona astral, no escuro eu me borro toda..kkkk, mas aos poucos vou vencendo minhas limitações.

Pra que ter pressa também, já que temos a eternidade pra aprender e não podemos esquecer que estamos encarnados, portando nossa vida deve estar focada aqui e agora, e o Astral acredito eu que sirva pra nos lembrar quem somos de verdade e nos ajudar a não viver cegos nesse mundo de ilusões.

Boa tarde a todos e Namastê

Nenhum comentário:

Postar um comentário